Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘arte’

Dança Urbana e música erudita reunidas num só espetáculo

 

eclipse_impermanenciaA Cia Eclipse de Cultura e Arte apresenta nesta sexta-feira (30), às 20h, no Teatro Castro Mendes o espetáculo de dança “Impermanência”. Oito dançarinos e quatro músicos apresentam em 40 minutos uma instigante composição de Dança Urbana (Street Dance) e músicas de vários gêneros.

A impermanência influência toda a nossa vida, como também o ambiente terrestre. Tudo está em constante mutação. A impermanência impregna nossa existência e faz parte de nossa condição humana. Podemos observar quantas mudanças ocorrem tanto em nossa vida como na vida de nossos familiares e amigos. Através delas podemos largar nossos apegos e medos, vivenciando a experiência do desapego, da renúncia e da aceitação.

A trilha sonora é do Projeto Pendulum, grupo que compõe músicas que mesclam o erudito, o popular e o místico em total harmonia, criando assim a essência de uma música atemporal.

O espetáculo conta com a apresentação de grupos e escolas convidados, como o Instituto Luana Lopes o Centro Cultural de Vinhedo.

A faixa etária é livre.

 

Serviço:

Data: 30/05 (sexta-feira)

Horário: 20h

Local: Teatro Castro Mendes – Campinas

Ingressos na bilheteria do Teatro ou com a Cia Eclipse: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia-entrada)

Informações: (19) 3271-0695 / 97402-2779

Projeto Pendulum: http://andreszuniga.wix.com/pendulum

Cia Eclipse Cultura e Arte: http://www.eclipse.art.br

Read Full Post »

Exposição do grupo Ex-NihiloAVESSO é o nome da exposição coletiva do grupo Ex-Nihilo sediada pelo Centro Cultural de Inclusão e Integração Social (CIS-Guanabara), mais conhecido como Estação Guanabara.

A instalação traz peças de roupas que exteriorizam emoções e pensamentos dos artistas. As peças expostas expressam a identidade pessoal e/ou questões existenciais de forma livre e intuitiva.

Em poucos metros quadrados, a instalação apresenta o universo fashionista e pessoal dos artistas Caroline Urquiza, Eduardo Galdeano, Elda Bueno, Fernanda Bronzeado, Laura Jacob, Lene Matui, Marcia Gregato, Marina Matui, Patricia Kerr, Sarah Galdeano, Sissa Buckeridige, William Heinrich e José Eduardo.

As criações misturam roupas charmosas, na maioria feminina, com peças eletrônicas, folhas de árvores, fotos, poemas, recados e objetos pessoais que juntas compõem um inusitado jogo de varais que se entrelaçam e criam uma instalação caótica, divertida, moderna e inspiradora.

A ideia das obras tem tudo a ver com o nome do grupo Ex-Nihilo, expressão em latim que significa que nada surge do nada. É uma expressão que indica que o ser não pode começar a existir a partir do nada, tal como as peças que recriam o olhar dos artistas de forma simples e liberal. Segundo a enciclopédia Wikipedia a “criação do nada é conhecida como criação ex nihilo. Muitas vezes atribuímos aos seres humanos a criação de várias coisas, mas eles são incapazes de criar do nada. Podemos mudar a forma da matéria preexistente, mas não temos poder de criar ex nihilo. Somente o poder sobrenatural de Deus pode fazê-lo”.

Camisa registro da exposição

O CIS Guanabara fica na Rua Mário Siqueira, 829, no Guanabara em Campinas/SP e está aberto das 9 às 17h. Vale dizer que, o CIS-Guanabara é vinculado e mantido pela Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (PREAC) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Visite, você não vai se arrepender!

E não se esqueça de assinar a camisa branca para registrar presença.

Exposição do grupo Ex-Nihilo

Exposição do grupo Ex-Nihilo

Exposição do grupo Ex-Nihilo





Exposição do Grupo Ex-Nihilo

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: